Pagamento da segunda parcela do auxílio será com datas mais espaçadas, diz presidente da Caixa

Reprodução

image

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, disse nessa segunda-feira (11.05) que o banco está apenas aguardando o Governo Federal divulgar o calendário para começar a efetuar os pagamentos da segunda parcela do auxílio emergencial. A declaração ocorreu em reunião na Comissão Mista do Congresso para assuntos relacionados ao combate a Covid-19 (coronavírus).

De acordo com ele, o cronograma de pagamento a ser anunciado em breve (que deve ocorrer nesta semana), será organizado de forma diferente, para evitar concentração e as datas serão mais espaçadas.

Segundo Pedro, a medida é uma forma de evitar aglomerações e enormes filas nas agências da Caixa. Outra medida, já adotada pela Caixa, conforme Guimarães, foi atualização do aplicativo Caixa Tem para facilitar o recebimento do benefício por meio da conta digital.

Ainda de acordo com o presidente da Caixa, o banco irá receber R$ 82 milhões da União para pagar o auxílio a informais.