Pai de adolescente que matou amiga foi preso e pagou fiança e está em liberdade

Por Esportes & Notícias

CRIME NO ALPHAVILLE

O empresário Marcelo Martins Cestari, que é pai da adolescente de 14 anos que matou a amiga com um tiro acidental na cabeça, na noite de último domingo (12), no condomínio de luxo Alphaville, em Cuiabá, foi preso em flagrante pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) por posse ilegal de arma de fogo de uso permitido. Porém, como o crime de porte ilegal de arma de fogo é afiançável, ele pagou fiança e poderá responder em liberdade.

Marcelo se justificou ao delegado Olímpio da Cunha como um atirador esportivo, por isso ele tinha várias armas em casa. Entre as armas encontradas na residência, duas delas não estavam com o registro no local e por este fato, o proprietário foi preso, mas logo pagou fiança e saiu.

A adolescente foi atingida por um único disparo, sendo que o orifício de entrada foi na narina e a saída na cabeça. A arma do crime, cápsula e projétil foram apreendidos e passarão por perícia. O corpo estava no banheiro da residência.

O delegado Olímpio Fernandes vai realizar as oitivas e aguardar todos os laudos periciais para esclarecer a dinâmica do crime. Ele irá se pronunciar somente após ter todas as informações necessárias para elucidação do crime.

Especialista acredita que a adolescente de 14 anos responsável por atirar e matar Isabele Guimarães Ramos, também de 14, é penalmente inimputável, cabendo apenas medidas sócio-educativas. Caso a versão sobre tiro acidental seja comprovada, as investigações devem ser direcionadas aos pais dos envolvidos, sujeitos com o dever de cuidado.