Polcia prende mototaxista que abusava de enteada h 4 anos

Um mototaxista de 57 anos foi preso pela Polícia Civil em cumprimento de mandado de prisão, representado pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, por estupro de vulnerável de uma menina de 12 anos. A prisão de J.T.M. ocorreu na sexta-feira (13), em Cáceres (a 217 km de Cuiabá).

 

Os abusos denunciados à Polícia Civil teriam ocorridos ao longo de 4 anos, entre os anos de 2014 a 2018, no período que o suspeito conviveu com a mãe da vítima.

 

A menina contou que tinha medo do padrasto porque, em uma ocasião, agrediu sua mãe, e, por conta disso, achava que ele também podia bater nela, caso revelasse os abusos a alguém.

 

Em depoimento, a menina narrou que por várias vezes sofreu a violência sexual. Mesmo com a separação de sua mãe, o suspeito continuou praticando o ato.

 

Segundo relatos da adolescente, o suspeito usava como artifício para ir até a sua casa, o fato de ir visitar o filho que teve do relacionamento com a mãe.

 

A delegada Juda Maali Pinheiro Marcondes reforçou a importância das denúncias. Uma das ferramentas é o disque-denúncia nacional, o 181, que pode ser usado por qualquer pessoa para relatar fatos envolvendo violência sexual contra menores.