Polícia prende quadrilha responsável por furto de defensivos no RS

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul, deflagrou na última sexta, 18, a Operação Terra Dura, com a realização de 14 medidas cautelares para combater um grupo criminoso envolvido em furtos de defensivos agrícolas. Foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão e quatro mandados de prisão em Camaquã e em Dom Feliciano. Quatro pessoas foram presas. Celulares e um veículo também foram apreendidos.

Em outubro de 2019, uma propriedade rural no interior do município de Arambaré foi alvo deste grupo, ocasião em que foram subtraídos grande quantidade de defensivos agrícolas, produtos que na época estavam avaliados em mais de R$ 150 mil reais.

A Decrab/Camaquã assumiu as investigações, realizando diversas diligências para buscar a identificação dos autores do furto, conseguindo mapear toda a quadrilha, identificando a cadeia de comando bem como seus participantes, desde o líder do grupo criminoso, os demais envolvidos, e chegando ao receptador. Apurou-se também que todos os envolvidos possuíam antecedentes policiais, respondendo por crimes desta natureza.

A Operação Terra Dura contou com aproximadamente 30 policiais civis da 18ª e 29ª DPRI.

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul, deflagrou na última sexta, 18, a Operação Terra Dura, com a realização de 14 medidas cautelares para combater um grupo criminoso envolvido em furtos de defensivos agrícolas. Foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão e quatro mandados de prisão em Camaquã e em Dom Feliciano. Quatro pessoas foram presas. Celulares e um veículo também foram apreendidos.

Em outubro de 2019, uma propriedade rural no interior do município de Arambaré foi alvo deste grupo, ocasião em que foram subtraídos grande quantidade de defensivos agrícolas, produtos que na época estavam avaliados em mais de R$ 150 mil reais.

A Decrab/Camaquã assumiu as investigações, realizando diversas diligências para buscar a identificação dos autores do furto, conseguindo mapear toda a quadrilha, identificando a cadeia de comando bem como seus participantes, desde o líder do grupo criminoso, os demais envolvidos, e chegando ao receptador. Apurou-se também que todos os envolvidos possuíam antecedentes policiais, respondendo por crimes desta natureza.

A Operação Terra Dura contou com aproximadamente 30 policiais civis da 18ª e 29ª DPRI.

Canal Rural © 2020 Todos os direitos reservados.

Canal Rural © 2020 Todos os direitos reservados.