Prefeito estuda novas medidas e pode estabelecer fechamento por regiões em Cuiabá

Por Esportes & Notícias

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) deve publicar novo decreto com regras de circulação em Cuiabá, na próxima segunda-feira (29). O gestor cogita estabelecer a quarentena coletiva obrigatória apenas em regiões da capital, onde o risco de contaminação é maior.

O gestor esteve reunido com sua equipa técnica nesta sexta-feira (26) para discutir a possibilidade de não fechar a cidade toda. O lockdown foi estabelecido em Cuiabá, na tarde de quinta-feira (25) e gerou grande confusão entre os comerciantes e população em geral.

Pelo atual decreto, as pessoas podem circular somente para realizar atividades essenciais. Além disso há o toque de recolher que proíbe saídas depois das 22h30, podem acarretar em prisão. Após duas derrotas, Pinheiro impetrou novo recurso contra decisão de fechamento e aguarda resposta.

A fim de minimizar os impactos econômicos decorrentes do isolamento e fechamento das atividades econômicas, o prefeito quer estabelecer a medida extrema apenas nas localizadas mais críticas.

“Pode ser na cidade toda, em uma região, um bairro ou grupo deles, esta definição será técnica, obedecerá protocolos sanitários e epidemiológicos. Serão concluídos no fim de semana e servirá como base para editar o decreto, em que determinaremos as regiões que terão de estabelecer a quarentena obrigatória”, explicou.

Cuiabá tem 3132 casos confirmados de residentes no município e 710 de não residentes, mas que estão sendo atendidos na capital. Já são 136 mortes pela doença e todos os leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) estão ocupados.