Prefeitura em MT decreta ponto facultativo

Em apoio à greve dos caminhoneiros, iniciada na segunda-feira (21), o prefeito de Primavera do Leste, a 239 km de Cuiabá, Leonardo Bortolin (MDB) decretou ponto facultativo no município nesta sexta-feira (25) e o comércio daquele município deverá interromper as atividades a partir das 15h30 [16h30 no horário de Brasília].

De acordo com a prefeitura, serviços essenciais, como coleta de lixo e limpeza, só têm o prazo de mais uma semana para funcionar, caso a greve continue, uma vez que as rodovias estão bloqueadas por manifestantes e prejudica, assim, o fornecimento de insumos básicos e combustível.

Nesta sexta-feira (25) os órgãos públicos de Primavera do Leste, por força de decreto, não irão funcionar, exceto serviços considerados essenciais, tais quais coleta de lixo, saúde e educação – este último, por causa do calendário letivo.

Mobilização

Na quinta-feira (24), os comerciantes de Primavera do Leste já haviam fechado as portas mais cedo, mas o acordo sobre o horário de funcionamento desta sexta-feira foi feito ontem, quando entidades assinaram documento de mobilização pública.

A mobilização tem por objetivo reunir o maior número de pessoas e comerciantes na Praça de Eventos – inclusive parte dos manifestantes que estão nos pontos de bloqueio, que deverão deixar as rodovias para participar do evento.

 

Por G1-MT