Restrições limitam demanda por cítricos

Absorção de frutas por parte das indústrias está menor, e o comércio passa por um novo período de restrições

Conforme dados do boletim informativo do Cepea, pesquisadores afirmam que esse cenário tem deixado agentes do setor bastante incertos. Do lado da oferta, ainda que a previsão não seja de disponibilidade excessiva, esta deve ser superior à verificada nas semanas anteriores, principalmente a partir de abril, quando mais laranjas precoces devem atingir o estágio de maturação para colheita. Quanto à demanda, as novas restrições e também dificuldades logísticas limitam novas compras por parte de atacadistas e varejistas.

Por Redação