Rotam prende entregador de drogas que tentou fugir e foi baleado em Várzea Grande

Por Esportes & Notícias

Policiais do Batalhão Rotam prenderam um homem de 22 anos por direção perigosa, tráfico ilícito de drogas, resistência dentre outros crimes, na noite de quinta- feira(03), em Várzea Grande.

O suspeito que resistiu a prisão, foi baleado pela PM e conduzido ao Hospital Municipal. Um simulacro de arma de fogo e maconha foram apreendidos na ação. A equipe da Rotam realizava monitoramento de um suspeito apontado como uma pessoa violenta que fazia o controle do tráfico de entorpecentes na região do bairro São Mateus.

Durante a ação, por volta das 20h30, os militares identificaram o homem pilotando uma motocicleta, a PM notou que se aproximava do suspeito outra pessoa que estava em um carro Pálio no pátio de um posto de combustível, mas quando percebeu a presença da polícia se evadiu do local.

Os policiais notaram que o suspeito estava com um volume embaixo da roupa na região da cintura. O suspeito ao notar a PM diminuiu a velocidade da moto e sacou a arma de fogo em direção aos policiais, a ação do suspeito foi repelida pela equipe da PM que atirou na perna do homem.

A polícia verbalizou com o suspeito para ele se entregar dizendo ao homem : “Polícia, solte a arma e saia da motocicleta e deite no chão”,a ordem não foi acatada pelo suspeito , que jogou a arma no chão e seguiu em fuga em alta velocidade.

Durante a diligência, o motociclista dirigia em alta velocidade, fazendo zigue -zague, colocando em risco a vida de transeuntes e de outros veículos na Avenida Anísio Haddad, quando o suspeito que já estava cercado pela PM colidiu em uma viatura policial e acabou sendo capturado pelos policiais.

Na abordagem, a PM apreendeu com o homem uma barra pequena de maconha que estava escondida nas partes íntimas e R $22. Os militares voltaram ao local onde o suspeito havia dispensado a arma, que foi constatado que se tratava de um simulacro de revólver.

A equipe de Serviço de Atendimento Móvel de Urgência( Samu ) foi acionada pela PM para prestar atendimento médico ao suspeito que foi ferido na perna durante a fuga.

O homem já preso relatou aos policiais que iria realizar a entrega da droga pela quantia de R$ 750 para o motorista do carro Pálio, quando percebeu que estava sendo monitorado, achou que eram desafetos que poderiam fazer uma emboscada para ele, por isso ele teria apontado arma. O suspeito foi conduzido pelo Samu e escolta policial para o Pronto Socorro de Várzea Grande. A ocorrência foi entregue à Polícia Judiciária Civil.