Secretaria Especial estabelece parceria para projeto de massificação do beisebol

A Secretaria Especial do Esporte publicou, nesta terça-feira (15.12), um Extrato de Dispensa de Chamamento Público que permite a formalização de uma parceria com a Confederação Brasileira de Beisebol e Softbol. O documento prevê um projeto de seleção e treinamento de 50 atletas para compor a base da modalidade no Centro de Treinamento de Beisebol, estruturado na cidade de Ibiúna (SP).

O valor previsto da parceria é de R$ 489 mil e o período de execução é de 13 meses. A faixa etária das crianças e adolescentes que serão selecionados é de 13 a 17 anos, com a condição de que estejam matriculados na rede regular de ensino.

O Centro de Treinamento é de Ibiúna é uma unidade de referência para a preparação das seleções nacionais de beisebol e softbol. O complexo esportivo inclui três campos oficiais de beisebol, piscina, quadra poliesportiva, campo de futebol, local para treinamento de arremessadores, ginásio coberto, sala de musculação, sala de fisioterapia, refeitório, cozinha industrial, apartamentos e chalés dormitórios, além de um escritório para administração.

A essência do projeto, segundo a proposta da confederação apresentada ao Ministério da Cidadania, se enquadra nas diretrizes estabelecidas pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) e pela Secretaria Especial do Esporte ao buscar o aumento da visibilidade, a massificação e a divulgação da modalidade.

“O projeto casa com a essência da atual gestão da Secretaria Especial do Esporte, de inverter a pirâmide de investimentos em busca do fomento das atividades de base e de massificação das modalidades esportivas”, afirmou Bruno Souza, secretário nacional de Esporte de Alto Rendimento da Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania.

Diretoria de Comunicação – Ministério da Cidadania