Sem vários titulares, machucados, Cuiabá defende liderança contra o Juventude

Por Esportes & Notícias

Defender a liderança isolada com unhas e dentes e se distanciar ainda mais dos concorrentes, mesmo com muitos desfalques e esquema tático tendo de ser mudado devido a ausência de importantes jogadores e com outros reclamando da jornada excessiva de jogos e viagens. Esta é a missão do Cuiabá para o jogo da noite desta terça-feira, a partir das 18h30, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, contra o motivado Juventude.

O Cuiabá não teve tempo de descansar relaxar os músculos de seus jogadores. Logo após a sensacional vitória diante do Cruzeiro, na Arena Pantanal, no último sábado, onde perdeu Jean Patrick, Rafael Gava e Felipe Ferreira por contusões, o time embarcou no domingo para uma longa viagem até Caxias do Sul, com paradas em São Paulo e em Porto Alegre, onde treinou na manhã de segunda-feira, antes de viajar para a região sul do Rio Grande do Sul.

“Não tivemos tempo de realizar um trabalho de descontração muscular nos jogadores. O tempo de viagem foi grande. Mas é a Série B. São jogos seguidos e já sabíamos que iriamos enfrentar toda esta maratona, principalmente devido a pandemia. Vamos ter de dar o máximo, sabendo das consequências e administrando tudo isso” disse Marcelo Chamusca antes da viagem até Caxias do Sul.

Mas, se não poderá contar com Rafael Gava e Felipe Ferreira, Chamusca ao menos comemora a volta da zaga titular. Everson Sena está recuperado e fará dupla com o xerifão e capitão do tome Anderson Conceição. Outra boa noticia é volta de Romário na lateral esquerda. Na ala direita volta Hayner, recuperado da contusão no lugar de Lucas Ramon, machucado e que ficou em Cuiabá.

Mas o técnico Marcelo Chamusca está tendo dor de cabeça para montar seu time, já que vários jogadores não viajaram e desfalcam o Dourado. Lucas Ramon, Auremir, Jean Patrick, Rafael Gava e Felipe Ferreira se recuperam de lesão.

“Procuro valorizar e dar confiança aos atletas que vão entrar no jogo, por isso que montamos um elenco de qualidade, com bons jogadores para justamente, nestes momentos, termos peças de reposição e nós temos jogadores, em todos os setores, para recompor e manter o nosso nível de atuação”, diz Chamusca sobre as mudanças obrigatórias que fará no time.

Com uma campanha de oito vitórias, quatro empates e apenas uma derrota, o Cuiabá está na primeira colocação da Série B com 28 pontos. Já o Juventude vem logo atrás. Na terceira colocação, com 22 pontos. Ao todo, em 13 jogos, venceu seis, empatou quatro e perdeu três. A equipe gaúcha está a um ponto da Ponte Preta, que é quinta colocada e primeiro time fora do G4.

Já o Juventude terá desfalque a beira do gramado. Isso porque, Pintado recebeu o terceiro cartão amarelo no duelo contra a Ponte Preta e assim como os jogadores, os técnicos também cumprem suspensão automática. Com isso, Roberto Maschio, que é treinador do Sub 20 e também irá comandar os times de aspirantes, fica a frente do time.
Dentro das quatro linhas, os atacantes Capixaba e Rafael Silva voltam a ficar a disposição. O primeiro se recuperou de problemas musculares e o segundo de dores no joelho. Apesar disso, ainda não houve uma confirmação se serão titulares ou não. Por outro lado, o meia Renato Cajá segue com um desconforto muscular na coxa e é dúvida.

FICHA TÉCNICA
Juventude-RS x Cuiabá-MT
Rodada – 14ª rodada
Data – 06/10/2020
Horário – 18h15
Local – Alfredo Jaconi – Caxias do Sul (RS)
Árbitro – Fábio Augusto Santos Sá Junior (SE)
Assistentes – Cleriston Clay Barreto Rios e Rodrigo Guimarães Pereira (SE)
Juventude – Marcelo Carné; Igor, Wellington, Nery Bareiro e Eltinho; João Paulo, Gustavo Bochecha, Roberto e Wagner; Breno Lopes (Capixaba) e Dalberto (Rafael Silva). Técnico: Roberto Maschio (interino)
Cuiab – João Carlos; Hayner, Everton Sena, Anderson Conceição e Romário; Matheus Barbosa, Ferrugem (Luis Gustavo) e Elvis; Jenison, Felipe Marques e Maxwell. Técnico: Marcelo Chamusca