Soja: dois homens são presos após furtar 10 toneladas

A Polícia Civil de Goiás prendeu, em flagrante, dois suspeitos de furto de soja. Chegou aos agentes a denúncia de que 10 toneladas de soja, equivalentes a 12 bags, tinham sido subtraídas de uma fazenda, na zona rural de Vianópolis, durante a madrugada de quinta-feira, 13.

De imediato, a equipe de policiais civis da delegacia do município começou a investigar o caso. Após diligências, foram identificados os dois suspeitos, que teriam ido até o galpão da propriedade e usado um trator para embarcar os bags em um caminhão com destino ainda não identificado. O prejuízo seria de R$ 30 mil.

sacas de sojasacas de sojasacas de soja

Foto: Polícia Civil de Goiás

Segundo as autoridades, os dois suspeitos do furto foram identificados, localizados, receberam voz de prisão e foram autuados em flagrante pelo crime de furto qualificado.

“Eles foram encaminhados ao sistema prisional e estão à disposição do Judiciário”, diz a polícia. “Outras diligências encontram-se em andamento para identificar o destino final do produto furtado”, complementa.

A Polícia Civil de Goiás prendeu, em flagrante, dois suspeitos de furto de soja. Chegou aos agentes a denúncia de que 10 toneladas de soja, equivalentes a 12 bags, tinham sido subtraídas de uma fazenda, na zona rural de Vianópolis, durante a madrugada de quinta-feira, 13.

De imediato, a equipe de policiais civis da delegacia do município começou a investigar o caso. Após diligências, foram identificados os dois suspeitos, que teriam ido até o galpão da propriedade e usado um trator para embarcar os bags em um caminhão com destino ainda não identificado. O prejuízo seria de R$ 30 mil.

sacas de sojasacas de sojasacas de soja

Foto: Polícia Civil de Goiás

Segundo as autoridades, os dois suspeitos do furto foram identificados, localizados, receberam voz de prisão e foram autuados em flagrante pelo crime de furto qualificado.

“Eles foram encaminhados ao sistema prisional e estão à disposição do Judiciário”, diz a polícia. “Outras diligências encontram-se em andamento para identificar o destino final do produto furtado”, complementa.

Canal Rural © 2020 Todos os direitos reservados.

Canal Rural © 2020 Todos os direitos reservados.