Temer diz que, passada a eleio, preciso ‘pacificar’ o pas

O presidente da República, Michel Temer, divulgou um vídeo nesta sexta-feira (5) em que celebrou os 30 anos da Constituição Federal de 1988 e também comentou as eleições gerais deste domingo (7).

 

Para Temer, passada a disputa eleitoral, é necessário “pacificar o país”.

 

“Terminada a disputa, é hora de pacificar o Brasil. Somos 208 milhões de pessoas. Somos firmes, reivindicadores, conscientes dos direitos e deveres. Mas somos acolhedores, tolerantes e defensores da pátria. Ao votar, saiba que você está dando uma procuração para que conduzam a sua casa maior, que é o seu país”, afirmou.

 

O emedebista pariticipou da elaboração da Carta Magna como deputado federal constituinte.

 

Na gravação divulgada nesta sexta, Temer diz que “não há caminho” fora das regras constitucionais e que a Constituição determina que só há um “senhor” na República: o povo.

 

“Há exatos 30 anos, em 5 de outubro de 1988, o deputado Ulysses Guimarães promulgou a nova Constituição da República Federativa do Brasil. Sem rodeios, o texto determina que só há um senhor em nossa República: o povo”, afirmou.

 

“Nas palavras desse livro, estão escritos os caminhos seguros para o nosso futuro. Não existe caminho fora da Constituição”, acrescentou o presidente.