Transexual entra em conveniência leva garrafada na cabeça por idoso preconceituoso

Por Esportes & Notícias

O racismo e a homofobia continuam sendo um sério problema em Mato Grosso e no Brasil. Na madrugada desta quinta-feira, uma transexual, de 27 anos, viu de perto a saga de pessoas que não aceitam o diferente Ela foi por um homem que deu garrafadas na cabeça, puxou os cabelos e apertou o braço seu braço. O crime aconteceu em uma conveniência de um posto de combustível no bairro Jardim Leblon, em Cuiabá.

A transexual disse que entrou no local e logo foi agredida por um idoso de 59 anos, que não teve seu nome revelado. Disse ainda que o homem fazia ameaças de mais agressões e que iria estupra-la.

A vítima contou ainda que entrou na conveniência com uma amiga, quando o idoso começou com os xingamentos e a ataca-la. A vítima disse que pediu que ele se afastasse e nesse momento foi fisicamente agredida. Durante o ataque, ela se debateu e arranhou o rosto do agressor até que ele a soltou.

A polícia foi acionada e fez a prisão em flagrante do agressor pelos crimes de lesão corporal e injúria, mediante preconceito por orientação sexual. Ele foi conduzido até a Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, que vai investigar o caso.