“Três grandes nomes estão colados na pesquisa, mas o meu é favorito”, diz Júlio Campos

VG Notícias

image

O ex-governador de Mato Grosso, Júlio Campos (DEM) afirmou ao que não há nenhuma possibilidade de abrir mão da candidatura ao Senado Federal para assumir uma suplência, pois foi apontado como favorito em uma pesquisa feita internamente. “Estou em primeiro lugar na pesquisa, e não posso abrir mão”.

Júlio também foi direto ao afirmar que nenhum partido lhe procurou até o momento para cogitar uma possível composição, porém, lembrou que chegou a procurar o ex-deputado federal, Nilson Leitão (PSDB) e oferecer a vaga de primeiro suplente.

“Ele não aceitou, por justa razão, pois ele é um nome forte e está bem colocado nas pesquisas”, pontuou Júlio.

Ainda sobre a pesquisa, ele ressaltou que saiu bastante destacado, mas que nomes grandes, como o do próprio tucano Leitão e do vice-governador de Mato Grosso, Otaviano Pivetta (PDT) vem logo atrás, no segundo e terceiro lugar. “São três fortes candidatos, e eu não acredito que nenhum deles vão querer abrir mão, pois todos tem a possibilidade de ganhar as eleições”, avaliou.

A oficialização da candidatura do democrata ao Senado Federal acontece durante a Convenção Estadual do partido que ocorrerá no dia 11 de março, às 20 horas, Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá.

O evento conta com a presença de todos os membros do diretório estadual e os convencionais do interior. “São aproximadamente 100 votantes que estarão homologando o meu nome para disputar o Senado Federal pelo DEM de Mato Grosso na eleição suplementar no dia 26 de abril”.

Júlio não escondeu seu contentamento ao afirmar que seu nome está sendo muito bem recebido não só dentro do partido como também dos partidos aliados, amigos e admiradores que tem outra legenda.

“Nós estamos formando uma frente ampla, e nessa semana que antecipa a convenção, vamos definir quais as coligações, quem serão os suplentes. A partir de agora, é montar a estrutura de campanha”, finalizou o pré-candidato ao Senado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *