Vereadores aprovam projeto que extingue recesso da Câmara de 15 dias em julho

Por Esportes e Notícias

A partir desse ano os vereadores de Cuiabá não terão mais descanso de 15 dias, em julho, como sempre houve. O projeto para encerrar o recesso é do parlamentar Mario Nadaf (PV) e foi aprovado em sessão desta terça-feira (7).

A proposta de emenda à Lei Orgânica do Município recebeu votos contrários de Adevair Cabral (PTB), Renivaldo Nascimento (PSDB) e Chico 2000 (PL). Com a mudança, A Lei estabelece que: “A Câmara Municipal de Cuiabá reunir-se-á anualmente, na sede do Município de 02 de Janeiro a 22 de Dezembro”.

O autor da mensagem afirma que os vereadores não devem ter privilégios. Eles têm que trabalhar assim como os demais servidores, que não têm férias no meio do ano.
“Nós vereadores não devemos ter mais ou menos os mesmos privilégios que os demais trabalhadores e ainda queremos incentivar outras Câmaras a tomarem a mesma medida”, esclareceu.
Com a alteração, os parlamentares do Município terão apenas o recesso de fim de ano.