WandaVision”: 8 curiosidades sobre a série da Feiticeira Escarlate disponível no Disney+

Nesta sexta-feira (15), estreia WandaVision, a tão esperada primeira série exclusiva para o Disney+ da Marvel Studios. A narrativa ocorre após os eventos do filme “Vingadores: Ultimato”, acompanhando o cotidiano de Wanda Maximoff (Elizabeth Olsen) e Visão (Paul Bettany), um casal de super-heróis com vidas tão perfeitas que começam a suspeitar da realidade.

A novidade levou o nome do seriado aos trending topics brasileiros por conta dos fãs, esperando pela próxima sexta-feira, quando mais episódios da produção chegarão à plataforma de streaming.

Para tornar o lançamento ainda mais especial, a equipe de comunicação do Disney+ disponibilizou algumas curiosidades sobre o seriado, que marca a nova fase da Marvel, incluindo spoiler de uma próximas produção. Vem ver!

1. Elizabeth Olsen dá vida à Wanda Mamimoff desde “Vingadores: A Era De Ultron”

6.2

Após uma breve participação nos créditos do longa-metragem da Marvel Studios de 2014, “Capitão América: Guerra Civil”, Elizabeth Olsen estreou como Wanda Maximoff em 2015, quando interpretou a personagem em “Vingadores: A Era De Ultron”. Quatro anos depois, em 2019, voltou para a tela grande como Wanda em “Vingadores: Ultimato”. A novidade? Em 2022, os fãs poderão vê-la interpretar Wanda novamente em “Doctor Stange: In The Multiverse Of Madness”, próximo longa dedicado ao Doutor Estranho.

2. Equipe criativa latina

Os figurinos de WandaVision também enfrentaram o desafio de se adaptar a cada período histórico retratado. Quem assumiu este desafio foi a figurinista Mayes C. Rubeo, nascida e criada na Cidade do México. WandaVision é o segundo projeto da Marvel do qual Rubeo participa, já que também foi figurinista do filme “Thor – Ragnaork”. Referindo-se à série, ela comenta: “É raro encontrar uma história que se estenda por tantas décadas, sem que os personagens envelheçam. O conceito e a maneira brilhante como Matt dirigiu cada episódio tornaram meu trabalho muito emocionante.” As peças de vestuário favoritas de Rubeo? A roupa do Visão e o vestido de noiva de Wanda dos créditos iniciais, inspirados no estilo de Audrey Hepburn.

3. Compositores de “Let It Go”

As músicas de WandaVision trazem as marcas de uma dupla criativa muito especial. Eles são o casal de compositores vencedores do Oscar® Kristen Anderson-López e Robert López, criadores da icônica música “Let it Go de “Frozen: Uma Aventura Congelante”. “WandaVision é um projeto incrível, estranho e totalmente único”, diz López. “Quando o diretor Matt Shakman – um velho amigo da faculdade – nos contou sobre o projeto, nem tivemos que pensar sobre isso. Adoramos como a sitcom americana foi combinada com a profunda sensação de desconforto da história, e o desafio de ajudar a definir esse tom foi muito interessante. Também nos sentimos identificados, como casal, com o caos que Wanda e Visão passam: tentar manter uma família amorosa e feliz em meio a um ataque implacável e crescente de problemas. ”

4. Efeitos especiais de cada período histórico

Tara DeMarco, supervisora de efeitos visuais da WandaVision, diz que os cineastas estudaram os efeitos especiais manuais e os primeiros efeitos visuais de cinema e televisão de cada época. Para os três primeiros episódios, fiéis às práticas dos anos 1950 e 1960, foram usados adereços suspensos, cortes manuais de filme e efeitos de retrocesso. No entanto, eles melhoraram a aparência usando as ferramentas atuais. “Usamos tecnologia contemporânea para ajudar a remover os cabos e suavizar os cortes”, diz DeMarco. “Mas muitos dos efeitos foram feitos na frente das câmeras.”

5. Paul Bettany participou do Universo Marvel antes do papel de Visão

En WandaVision, Paul Bettany estrelou em um filme do Universo Cinematográfico Marvel antes de suas aparições como Visão. O ator deu voz ao personagem J.A.R.V.I.S. em “Homem de Ferro”, em 2008.

6. Foram necessárias 47 lentes câmera

Os episódios WandaVision abrangem os anos 1950 até o início dos anos 2000. Para alcançar a estética visual dos sete momentos históricos da série, o diretor de fotografia Jess Hall usou 47 lentes de câmera diferentes, muitas delas modificadas para atingir características específicas de um período. “Em essência, a abordagem foi estudar e absorver as referências de cada período, destilar suas escolhas técnicas e estéticas, e então filtrá-las com nossas próprias sensibilidades de estilo. O objetivo era criar imagens verdadeiramente pós-modernas, não simplesmente uma homenagem ao passado ”, explica Hall.

7. Parte de “WandaVision” foi gravada ao vivo com plateia

Em homenagem aos clássicos seriados da TV americana, os cineastas de WandaVision decidiram filmar o primeiro episódio da série para um público ao vivo. Assim, eles obtiveram risos espontâneos do público, um elemento clássico do gênero, e motivaram os atores de uma forma única: “É incrível o que acontece quando você coloca atores diante de um público ao vivo, como o material se exalta com adrenalina, o entusiasmo, a comunicação que ocorre entre os atores e o público. Isso eleva o material e se torna algo mais parecido com o teatro”. Diz Matt Shakman, que dirigiu todos os episódios, e conclui: “Essa foi uma parte muito importante do que obtivemos no primeiro episódio, aquela centelha, aquela faísca criativa”.

8. Dick Van Dyke aconselhou o diretor

O elenco e a equipe de WandaVision estudaram comédias clássicas dos anos 1950 até o início do século XXI. “Queríamos ter certeza de que o que estávamos criando era absolutamente fiel às séries originais que usamos de referência”, disse Shakman. “Para isso, assistimos muitos episódios, lemos livros sobre como essas séries foram feitas e entrevistamos, quando possível, pessoas que trabalharam nessas séries.” Com esse objetivo em mente, Shakman e Kevin Feige – presidente da Marvel Studios e diretor criativo da Marvel – se reuniram com o lendário ator e comediante Dick Van Dyke, criador do The Dick Van Dyke Show. “Foi uma experiência deliciosa e uma ótima maneira de ver como eles produziram o programa, que é a inspiração para nosso primeiro episódio”, diz Shakman.

Por; Gabriela Sartorato