Wellington defende retomada e conclusão das obras do VLT em Cuiabá e VG

Reprodução TV Senado

image

O senador Wellington Fagundes (PL-MT), defendeu nesta terça (28), a retomada e conclusão das obras do veículo leve sobre trilhos na região metropolitana de Cuiabá, ligando a capital mato-grossense a Várzea Grande. O empreendimento foi projetado para ficar pronto para a Copa do Mundo de 2014.

Para ele, “a obra mais cara para o contribuinte é aquela que fica inacabada”.

De acordo com o senador, há dinheiro disponível para financiar a conclusão da primeira etapa e que especialistas defendem uma parceria público-privada na sequência.

Fagundes também comemorou a aprovação pelo Senado, nessa segunda (27), da medida provisória que estabelece um novo prazo (até abril de 2021) para que os municípios elaborem os respectivos planos de mobilidade urbana (MP 906/2019). Segundo ele, a decisão foi acertada, uma vez que 95% dos municípios brasileiros com mais de 50 mil habitantes não haviam finalizado o plano.

Na opinião de Wellington, a saúde e a qualidade de vida das pessoas e a força da economia estão diretamente relacionadas à mobilidade urbana; por isso, a questão é tratada como um desafio por gestores de todos os níveis. 

“Existem pessoas que passam mais de quatro horas dentro de um coletivo para chegarem ao seu trabalho e depois retornarem as suas casas, expondo-se a uma fadiga física e mental” disse, lembrando que foi relator da política pública da mobilidade urbana, analisada em 2015 pela Comissão Senado do Futuro. Com informações com Agência Senado.