Ygor Coelho perde e dá adeus aos Jogos de Tóquio após fazer história no badminton

Depois de conquistar a primeira vitória da história do Brasil no badminton nos Jogos Olímpicos, Ygor Coelho perdeu sua segunda partida por 2 sets a 0 para o japonês Kanta Tsuneyama, número 12 do mundo. As parciais do jogo desta quarta-feira foram 21 a 14 e 21 a 8. Com o resultado, o carioca de 24 anos está fora de Tóquio-2020.


Ygor Coelho conseguiu equilibrar o primeiro game contra Tsunemaya e chegou a fazer o adversário correr, igualando o placar em 5 a 5. No decorrer da partida, o japonês conseguiu impor sua experiência e técnica. Ele não disputará torneio de duplas. Tsunemaya avançou para a fase eliminatória e entrou na briga direta por medalha.

Apesar da queda, Ygor havia sido o primeiro brasileiro a ganhar uma partida de chave individual nos Jogos. Na estreia, ele derrotou Julian Georges Paul, das Ilhas Maurício, por 2 a 0.

Revelado em um projeto social criado pelo próprio pai na comunidade da Chacrinha, no Rio de Janeiro, Coelho já havia sido o primeiro brasileiro a disputar a modalidade em uma Olimpíada, nos Jogos do Rio 2016. Coelho também foi campeão dos Jogos Pan-Americanos de Lima em 2019.

Antes de derrotar Georges Julien Paul, da Ilhas Maurício, por 2 a 0 (21/5 e 21/16), ele já tinha feito história por ser o primeiro brasileiro a disputar os Jogos Olímpicos, na Rio-2016. Naquela ocasião, ele não venceu nenhum jogo.

No feminino, Fabiana Silva perdeu por 2 sets a 0 (21/9 e 21/10) para a americana Beiwen Zhang e terminou eliminada do torneio com duas derrotas. Na estreia, já havia sido superada pela ucraniana Maria Ulitina, por 2 a 0 (21/14 e 22/20).